quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL !


FELIZ NATAL
Você que me honra com a sua visita ou que esteja me lendo agora, em algum lugar, desejo que o seu NATAL seja brilhante de alegrias e iluminado de Paz e Amor.

Que Jesus nos dê um coração cheio de fé e esperança, todos os dias.

BOAS FESTAS !

IreneDuarte

domingo, 19 de dezembro de 2010

Família Obama


Adorei esta foto!
Por isso ela está aqui.
..." e se o homem mais poderoso do mundo fosse um negro?" (C. Futura)

sábado, 11 de dezembro de 2010

"Artista é aquele que sofre sorrindo" !



HUMOR E
 IRONIA

"O humor é uma ferramenta muito poderosa; tanto para a defesa como para o ataque".(...do programa Jô Soares) Não sei se deveria substituir a palavra "humor", por "ironia"; deixo para quem estiver lendo, fazer a sua escolha, pois estou com dificuldade para me situar.
A pessoa muito sensível, precisa exercitar a capacidade de rir de sí mesma, para tornar a vida mais suportável. Refiro-me àqueles acontecimentos pessoais do dia a dia em que a maioria das pessoas levam numa boa, sem constrangimentos ou que sabem diluir ou processar as lembranças desagradáveis com mais facilidade... A pessoa muito sensível, vive numa intensidade fora do comum coisas aparentemente banais, ao ponto de ter a saúde afetada, como se vivesse sempre num inferno astral.
Fatos que para os outros passam despercebidos do seu emocional, para aquele que tem a sensibilidade "à flor da pele", são causas de aumento da pressão arterial e de ter um dia totalmente perdido.
E os acontecimentos da vida que afetam a todo mundo? E as notícias ruins que nos chegam a todo instante pelos meios de comunicação? Nem é bom falar.
AH... tantas coisas poderiam ser ditas sobre este assunto!!


OBRIGADA DEUS, POR ESTAR VIVA APESAR DE TUDO!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

John Lennon - Imagine - Tradução

"Imagine todo o povo vivendo em paz... você irá dizer que eu sou um sonhador, mas eu não sou o único. Espero que você um dia junte-se à nós e o mundo será um só"...

JONH LENNON - 9 de Outubro de 1940
8 de Dezembro de l980

sábado, 4 de dezembro de 2010

LIBERDADE VIRTUAL - Iduarth

(ler de baixo para cima, ou vice-versa)

ATÉ O INFINITO DA INTERNETNETNETNETNET...
V O A R, V O A R, V O A R
E DESCOBRIR O MISTÉRIO
IR ALÉM DO IMAGINÁVEL
BUSCAR O DESCONHECIDO
PROCURAR O IMPOSSÍVEL
EM BUSCA DO INVISÍVEL

V O A R

V O A R

V O A R

V O A R

V O A R

V O A R

V O A R

QUERENDO VOAR,
NO CHÃO DA INTERNET
SOU UM PÁSSARO
SOU UM PASSARO
NO CHÃO DA INTERNET
QUERENDO VOAR

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Quero Sentir - Iduarth


Em um momento de deserto na alma, há muitos anos, fiz esta poesia: Foi publicada no Jornal de Alagoas em mil novecentos e... (tenho o recorte em algum lugar)

quero sentir
a beleza da rosa que o poeta canta
e o brilho da estrela
que à noite encanta
a inocência que está
no olhar de uma criança
e a vontade de viver
quando se tem esperança

Quero sentir
a alegria da canção
que canta o passarinho
e a tristeza infinita
da falta de carinho
a grandeza do universo
na pequenina semente
e o limite da dor
quando a paz está presente

Quero sentir
O amor celestial
que somente oferece
e a presença de Deus
ao murmurar uma prece
a alegria de dar
sem esperar recompensa
e a paz do paraíso
sem a tua indiferença...

Conhecendo Machado de Assis

Quando ainda não existiam a televisão e internet, 
cinema uma vez na semana,
 morando no interior
 sem jornais
 revistas e rádio eram uma raridade,
 tinhamos acesso a alguns bons livros;
 e foi assim que conhecí Machado de Assis.
 Era uma adolescente ávida por leituras
 e tudo o que lí,
 ficou registrado para sempre como uma experiência inesquecível. 
Tinha tempo de ler romances,
 de ser romantica 
e calma para saber apreciar a personalidade dos personagens
 que ele descreve com um realismo incrível.
 Eu contemplava os lugares,
 as paisagens, as pessoas, 
vivia emoções que só agora percebo 
o quanto foram importantes para minha formação;
 não sei se comessasse hoje,
 tudo seria a mesma coisa.

IreneDuarte

"Eu aprendo mais psicologia lendo Machado de Assis do que lendo certos tratados sobre o assunto que existem por aí".  Nelida Pinon

Continua ...

domingo, 14 de novembro de 2010

Obras de Leonardo Da Vinci



"Sou da opinião que não se deverá desprezar aquele que olhar atentamente para as manchas da parede, para os carvões sobre a grelha, para as nuvens, ou para a correnteza da água, descobrindo, assim, coisas maravilhosas. O gênio do pintor há de se apossar de todas essas coisas para criar composições diversas: luta de homens e de animais, paisagens, monstros, demônios e outras coisas fantásticas. Tudo, enfim, servirá para engrandecer o artista.” Leonardo Da Vince.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

iduarth - Vestí Azul ?

Algumas pessoas me perguntam - Por que "Vestí Azul" ?
Seguinte: A amiga que fez o meu Orkut, pediu-me para criar um sobrenome porque o senhor Orkut não estava aceitando o meu Duarte.
Aí, veio à minha cabeça, "Vestí Azul", título da música interpretada por Wilson Simonal;
e para o "Duarte" não dar mais problemas (pois continuou dando em outros momentos),já viu como ficou, né? um "h" no final.

Descobrí que existem muitos Duarte's pela vida a fora!
"Vestí Azul, minha sorte então mudou"...
Bem, não percebo se minha sorte mudou;
mas pelo menos não fiquei na rotina!
Rotina é chato pra caramba!

Pronto: acho que ninguem vai perguntar mais.
Também foi um pretexto para escrever hoje alguma coisa!

Tchauuu!!

sábado, 30 de outubro de 2010

Marlon Brando





DE TUDO UM POUCO...

Marlon Brando,  é considerado pelos críticos, um dos maiores atores de todos os tempos.
Destacou-se como ícone da sua geração, pela irreverência, coragem e luta contra as injustiças sociais. Também foi símbolo de rebeldia, com senso de liberdade e narcisismo pelo corpo, acentuados pelo uso de jeans, camiseta e moto.
Fez sucesso no teatro e no cinema; mas seu sucesso espetacular foi com o filme  O Poderoso Chefão de Francis Ford Coppola. Neste filme, foi premiado com o Oscar de melhor ator, mas recusou o prêmio em protesto contra Holywood, pelo tratamento dado aos índios americanos.
(Na época recebeu a crítica de que não poderia falar pelo negro e nem pelo índio, porque era branco).

Marlon Brando, viveu muitas aventuras amorosas e casou-se pelo menos quatro vezes. Anna Kashfi foi sua primeira mulher, com quem teve um filho, Christian, em 1958. Depois uniu-se a Movita Castaneda, com quem teve outro filho, Miko Brando. A terceira esposa foi a taitiana Tarita Teriipia e teve dois filhos, Cheyenne e Teihoutu. Em 1970 adotou Petra Barret Brando. Depois, uniu-se a Cristina Ruiz, com quem teve Nina, em 1989.

MARLON BRANDO E SEUS RELACIONAMENTOS

"Marlon, tinha uma sexualidade muito forte. Sabia seduzir a gostava de abraçar. Sabia tudo sobre uma mulher. Era generoso, gentil, atencioso e... homossexual."

"Ele pegava as mulheres que eram amigas, uma atrás da outra" e "muitas feministas dormiram com ele".

Alguns depoimentos, entretanto, são contraditórios.
Palavras de uma ex-mulher de Marlon Brando:
- Ele era vingativo, pura maldade. Dane-se, não me importo...

Era um homem com falhas de carater e preguiçoso por natureza. Diziam que era violento com as mulheres. Incapaz de manter um relacionamento , agoniava as mulheres, deixando-as sem explicações ou telefonemas. Uma vez, expulsou o filho (de 15 ou 16 anos) de casa, porque não tinha aparado a grama e o garoto dormiu na rua.

Sua vida familiar foi tumultuada por grandes tragédias:
Os paes eram alcoolatras e se separaram por algum tempo. Enfrentou processos milionários de ex-esposas. Em 1990, seu filho Christian assassinou Dag Drollet, namorado de sua irmã Cheyenne e em 1995, Cheyenne suicidou-se, lutando contra a depressão e problemas psiquicos.

Marlon, Por um bom tempo, enfrentou problemas com o alcoolismo e excesso de peso. Solitário e após longo sofrimento, morreu de infecção pulmonar aos 80 anos.
Enquanto acamado, pedia a sua ultima ex-mulher para conversar com o cachorro ao telefone (e conversavam mesmo)e também levar o telefone ao galinheiro, para ouvir as galinhas...rsrs...

Perto dele eu não ia achar graça nenhuma!
O que sei de verdade é que a vida de Marlon Brando, foi tão ou mais espetacular do que os personagens que ele interpretou nas telas. Também era bonito, muito charmoso, e tinha o sorriso mais lindo do mundo! Parecia uma criança sorrindo...


Ah, Marlon Brando!!! Você nunca foi só; a vida está cheia de "Marlons Brandos" por aí...
                                                                          
nome: Marlon Brando Junior
natural de: Omaha, Nebraska, EUA
nascimento: 03/04/1924
falecimento: 01/07/2004

Irene Duarte 

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Bons Amigos - Machado de Assis

Bons amigos Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!
Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!
Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!
Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!
Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!
Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

( Machado de Assis )

http://www.vitalves.com/2010/10/bons-amigos-machado-de-assis.html

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

HOJE, 20 de Outubro: DIA DO POETA

Hoje, estão de parabéns, todos aqueles que têm o dom de transformar palavras em arte.
Aliás, a poesia é inerente a todos nós: é só exercitar a sensibilidade e materializar em palavras os seus sentimentos; de alegrias, de amor, tristeza, dor...
Todo dia é dia de poesia, mas... já é normal se estabelecer um dia para todos e é natural que o poeta tenha a sua vez.
Parabens, portanto, ao escritor que escreve em versos.

A PRIMEIRA POESIA

Segundo o historiador Moacyr Mallemont Rebello Filho, a primeira poesia, nasceu na Grécia, berço da civilização ocidental, com Homero, através da ILÍADA e da ODISSÉIA;
Ele descreve na primeira, a guerra de Troia, ocorrida por volta de 1.250 A.C. e na ODISSÉIA, narra as aventuras de Ulisses, rei de Ítaca ao retornar desta guerra.
A narrativa conta também que, depois de 10 anos, Ulisses volta para os braços de Penélope, a felizarda esposa, que tecia um tapete (ou uma colcha de tricô?) enquanto esperava a volta do seu amado rei, Ulisses. Penélope, não aceitava os pretendentes que seu pae lhe impusera, devido à longa ausência de seu marido; então fez um acordo com ele, de só aceitar novo casamento após terminar o trabalho...por isso, fazia pelo dia e desmanchava à noite a tecelagem, sem o pae saber; fez isso, até Ulisses voltar.

Naquela época, as poesias eram declamadas, acompanhadas de um instrumento musical - a LIRA, sendo a poesia, dividida em cantos, não importando o gênero das mesmas. Por isso eram chamadas de "Poesias Líricas".
"A tragédia e os gregos,sempre estiveram de mãos dadas, como nessas obras primas sempre atuais"...(Moacyr M. R. Filho).

Tchau!!....

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O Amarelo - Minha cor preferida



"O que seria do amarelo, se todos gostassem do azul?" (ou do vermelho, sei lá...) Pois bem, essa expresssão foi nascida primeiro do que eu...
Como é possível, não gostar do amarelo!
Tenho o prazer de dizer, que amarelo é a minha cor preferida: amarelo é o ouro, mais precioso de todos os metais: amarelo é o sol, é a aura dos santos, é a luz, é vida, enfim. Ah... é a cor da sorte dos nascidos no sígno de leão, meu sígno! Acho de extrema falta de sensibilidade pra não dizer também de mau gosto, aquela frase, que foi pensada e jogada no espaço num momento de extremo vazio e falta de amor à  natureza, a propria vida!
Já imaginou a existência, sem o amarelo?
Tudo isso me veio à mente por causa desta linda imagem de orquídeas (?) amarelas, que fiz questão de postar aqui, para embelezar a minha página. Viva o Amarelo!
Maceió, 01 de outubro de 2010

A PROPÓSITO: O AMARELO É A COR DOS LOUCOS?!?!?

Até breve...

Irene Duarte

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Fayga Ostrower - 90 anos de nascimento

Arte da Fayga

Fayga Ostrower: ( l920 - 2001 )



"A OBRA DE ARTE, PASSA PARA NÓS
A BELEZA DO VIVER OU A TRAGÉDIA DO VIVER"

Artista plástica brasileira, nascida na Polônia.
Atuou como gravadora, desenhista, pintora, ilustradora,
teórica de arte e professora.
Realizou diversas individuais e coletivas no Brasil
e em outros países. Professora de pos-graduação em várias universidades
brasileiras, Estados Unidos,Inglaterra/Londres
Publicou vários livros e numerosos artigos e ensaios na imprensa e na mídia eletrônica. A biografia Fayga Ostrower foi lançada em 2002 pela Editora Sextante - RJ

Foi presidente da Associação Brasileira de Artes Plásticas entre 1963 e 1966. De 1978 a 1982, presidiu a comissão brasileira da International Society of Education through Art, INSEA, da Unesco. Em 1969, a Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, publicou álbum de gravuras suas, realizadas entre 1954 e 1966. É membro honorário da Academia de Arte e Desenho de Florença. Fez parte do Conselho Estadual de Cultura do Rio de Janeiro de 1982 a 1988. Em 1972, foi agraciada com a condecoração Ordem do Rio Branco. Em 1998, foi condecorada com o Prêmio do Mérito Cultural pelo Presidente da República do Brasil. Em 1999, recebeu o Grande Prêmio de Artes Plásticas do Ministério da Cultura
Recebeu numerosos prêmios no Brasil e no exterior,
entre os quais na Bienal de São Paulo e bienais de Veneza,
Florença, Buenos Aires, México, Venezuela.

Professora de pos-graduação em várias universidades
brasileiras, Estados Unidos,Inglaterra/Londres
Fayga foi casada com Heinz Ostrower, historiador cuja biblioteca foi doada para o Arquivo Edgard Leuenroth, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas, em Campinas, São Paulo. Deixou dois filhos, Anna Leonor (Noni) e Carl Robert; e três netos, João Rodrigo, Leticia e Tatiana.

Nascida em 1920 na cidade de Lodz, Polônia, a artista faleceu no Rio de Janeiro, em 2001.

"A Arte é a linguagem natural da humanidade"

"Criar é tão fácil e tão difícil como viver
e do mesmo modo necessário"

"A arte representa um caminho do conhecimento
da realidade humana"

Fonte: (A artista - Instituto Fayga Ostrower)
www.faygaostrower.org.br/instituto.php

domingo, 3 de outubro de 2010

Por que me identifico com ele? Porque nem preciso dizer:

ELE DIZ!



VINÍCIUS DE MORAES

A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.

A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo,
o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se,
o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo. Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflete. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Apologia ao Ódio


Uma Comunidade do orkut, me chamou a atenção pelo seu título: "Diga não ao Ódio".
Diz entre outras coisas o seguinte:
"Infelismente, a cada dia que passa há mais e mais pessoas, ou grupos de pessoas, pregando e fazendo apologia ao ódio no mundo todo e em variados níveis, inclusive aqui no orkut...
"Se você também acha que cultivar o ódio é uma forma retrógrada do Ser Humano, se você não concorda com esses grupos de ódios espalhados pelo orkut, ou ainda, se você fica triste ao ver que alguém teve tempo, vontade e imaginação para criar uma comunidade com este fim, associe-se e erga a bandeira de "Não Ao Ódio" "

Há dias venho querendo comentar o que tenho observado no Orkut, caracteristica de um fenômeno social até bem pouco tempo inexistente; pois o advento da informática/computadores e consequênte internet, fez surgir um mundo novo com benefícios para a humanidade e como não poderia deixar de ser, trouxe também com ela mudanças radicais no comportamento humano; Mudanças para o bem e mudanças para o mal.

Quanto a estas últimas, não é novidade, pois as grandes descobertas, experiências científicas, invenções... todas elas, tiveram ou têm consequências desastrosas para o ser humano, em alguns momentos. Exemplos? A descoberta do átomo, que culminou com os estragos da bomba atômica na II guerra mundial e os avanços no conhecimento da genética, que a cada dia gera novas polêmicas e não sabemos ainda, até onde irão as consequencias, apesar dos benefícios incontestáveis.

Com o advento da internet, são consequencias diferentes...ou não! Quanta coisa desastrosa vem acontecendo!(tenho muitas informações através da televisão, coisas de arrepiar!) e ao mesmo tempo como é poderosa e indispensável para nós, em termos de comunicação e transmissão de conhecimentos!
No Orkut, a interferência maior, é nas relações humanas e sendo o mesmo, objeto da minha participação, sinto-me mais ou menos à vontade para fazer alguns comentários, consequência das minhas observações e experiência propria.
Tchau!
Chega por hoje!
OBS:PENSEI, E ACHEI MELHOR NÃO PUBLICAR A CONTINUIDADE DESTE ASSUNTO, PARA NÃO CONFUNDIR AS MENTES...

domingo, 15 de agosto de 2010

Não carregar bagagem: Viver o aqui e agora






Demorei para compreender que a vida é o aqui e agora. É este instante.
Acho que nunca dei a devida importância ao seu verdadeiro significado.
Acontece também: por preguiça de pensar, por descuido, ou por achar que haviam coisas mais importantes... assimilamos as palavras sem nos preocupar em questioná-las.

Não carregar bagagem:
Foi o que primeiro me chamou a atenção. Depois a expressão: quero experimentar intensamente cada experiência. Juntei as peças com outras informações e fez-se a materialização do entendimento, com responsabilidade.

Esgotar :
uma experiência boa ou ruim, vivê-la com toda a intensidade necessária, "exorcisar" se preciso for, até que ela se dilua completamente, que se esgote, e nos sintamos libertos ou prontos para vivenciar novos momentos bons ou ruins, porque a vida é assim. "A todas as coisas falta a capacidade de perdurar: por mais agradável e prazeirosa que seja a nossa experiência, ela cessará". (Dalai Lama)
A meditação, a oração, o perdão, a compaixão, fazem parte do processo

Quando acontece alguma coisa ruim em nossa vida, seja uma doença grave que nos atinge ou a algum ente querido; a morte de alguem que tivemos laços afetivos muito fortes: parentes, amigos... ou outras grandes perdas, como uma união estável de longa data e até equívocos do dia a dia, a nossa tendência é: primeiro negar as evidências, segundo é a rejeição; o outro momento é o rancor ou o ódio... (não lembro se tem mais outros estágios); só por ultimo vem a aceitação e com ela o crescimento.

A aceitação:
pode também despertar em nós a esperança e a procurar respostas nos casos passíveis de solução; nas situações irremediáveis vem a conformação. Não carregar bagagem. Só assim poderemos viver o aqui e o agora; este instante, em toda a sua plenitude e ser feliz.
( colaboração de um amigo e o livro Relaxe e Viva Feliz).

Tchau!...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

...e Ninfa será feliz

...Em pasárgada, muito breve chegarei 

aqui sou ninfa incompleta 

lá sou deusa da floresta

vou encontrar o meu Rei...

não sentirei solidão, nem velhice, nem tristeza
vou tomar banho de rio e enxugar-me ao sol
o meu fruto preferido vou colher da natureza
pois aqui, água e floresta, breve não mais terei

Vou enfeitar meus cabelos, com aquela flor mais bonita
vestir-me com o véu de noiva, da cachoeira cadente
Encontrarei o meu Rei envolto em manto de luz...
Com beijo de boas vindas vai receber-me contente
O tempo não vai passar serei feliz para sempre...

iduarth - 2010

sábado, 17 de julho de 2010

O MEU LIVRO PREFERIDO

Quando o conhecí, era ainda muito jovem. Comecei por curiosidade, incentivada pelos adultos, mas também pela ância de ter respostas para muitas indagações sobre a existência, sobre as causas e efeitos, sobre Deus. A medida que avançava na leitura, as dúvidas me apareciam e as vezes a descrença.
Deixei pra lá muitas vezes: não queria mais ler, porque me confundia...

Mas, nunca desistí de procurá-lo; sempre voltei para Êle, nos momentos de sofrimento, decepção, revolta e principalmente nos momentos de pouca fé, angustia e tristeza, em busca de uma palavra de conforto ou de uma explicação. NÂO TINHA OUTRO LUGAR PARA IR.
Pois, é desse livro mesmo que falo: A BIBLIA.

Tudo, todas as explicações que procuro nos outros livros, o que há de mais importante, eu encontro lá: e olha, que já tive a oportunidade de ler muitos. Aprendí a ver a simplicidade de suas palavras e a profundidade dos seus ensinamentos ; foi e ainda é, um longo aprendizado, porque a vida não pára.

A Bíblia sempre me dá explicações para tudo. Se quero a Verdade, é lá mesmo que a encontro.

Comecei a firmar a minha crença, quando ainda jovem. Num momento de busca deixei o Livro pra lá, quase aborrecida. Pouco depois, algo me aconteceu e fiquei indagando de mim mesma o porquê da minha "tragédia". Antes mesmo de pensar no Livro, algo ocorreu na minha mente: "aquela passagem do Evangelho que você não entendeu, refere-se a momentos como este, que você está vivendo agora".

Foi aí que entendí tudo. Daquele dia em diante, passei a não mais duvidar. E sempre que leio a Bíblia e não compreendo na hora, passo adiante na minha leitura, confiante de que, no momento oportuno vou ter a resposta que preciso.

sábado, 26 de junho de 2010

Frida khalo - A Pintora do Século

Aniversário da Frida Kahlo - A PINTORA DO SÉCULO
Hoje, dia 6 de julho, o Google está homenageando esta artista imcomparável.
Fico contente por estar comungando do mesmo pensamento sobre
a importância que a Frida Kahlo tem dentro da história das artes plásticas;
uma atividade, onde só pintores do sexo masculino é que são lembrados em grande estilo.

Por ser incompreendida por alguns, a sua arte foi polêmica e ainda é nos dias de hoje; e não poderia ser diferente,
tal a força da sua expressão, ousadia e criatividade.

Então, é natural a polêmica; Afinal , eu concordo quando dizem que toda unanimidade é burra!!

A OBRA DE ARTE PASSA PARA NÓS A BELEZA DO VIVER OU A TRAGÉDIA DO VIVER (Fayga Ostrower)

Postado por iduarth às Terça-feira, Julho 06, 2010



Frida Kahlo. A Pintora do Século XX
O que dizer?
Não quero cair na redundância e nem tampouco copiar o que já foi dito.
Ela viveu e conviveu 47 anos com muito sofrimento: eu não conseguiria pintar bonito naquelas circunstância:  Doenças desde a infância, deficiência física, sofreu acidente, decepções amorosas, frustração de não poder ser mãe... está tudo na história e expressa de forma muito forte, contundente mesmo, na sua arte agressiva e na maioria das vezes, chocante. Talvez por tudo isso tenha sido uma artista sem precedentes, que só pode ser entendida e apreciada conhecendo-se a sua tragetória pessoal.
Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón, nasceu à 6 de julho de 1907, em Coyoacán - na época, pequena cidade nos arredores da cidade do México. Em l954 foi encontrada morta, (talvez, de embolia pulmonar)

Até breve.                                      
                




 Andre Breton: "...Acrescento que também não existe outra (pintura) mais exclusivamente feminina , no sentido de que, por ser a mais tentadora, ela prazeirosamente consente em se fazer alternadamente a mais pura e a mais perniciosa...A arte de Frida é um laço de fita em torno de uma bomba".

domingo, 20 de junho de 2010

Homem Animal

Fiz este poema, que foi publicado no jornalzinho
da Faculdade de Serviço Social de Alagoas :

Foi feito em hora de fome
e nasceu criança com fome
fome de tudo... enfim
Foi sofrendo, foi passando
e de tanto passar fome
seu rosto virou macaco
Foi sofrendo, foi passando
e de tanto passar fome
suas mãos viraram gato
Sendo preso, enjaulado,
transformou-se em leão
Foi sofrendo, foi passando,
foi vivendo como um cão
até cair na sarjeta
virou verme...e morreu.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Artes Plásticas e Poesias

Compor uma poesia, é como pintar um quadro: todo o sentimento, toda a emoção, ficaram lá , quando ele foi terminado. No máximo, tudo se dilui gradativamente, até perder a força inicial, geralmente, em poucos dias. Impossível guardar através da vida, tudo o que se sentiu ao produzir uma obra de arte.

Sentir sempre a mesma emoção ao contemplar os quadros pintados através dos anos, 300, 500, 1000 trabalhos, ninguem suportaria. Com a poesia, é a mesma coisa; a vida seria um inferno, revivê-la com a mesma intensidade do momento da composição.

É muito comum as pessoas se emocionarem ao observar especialmente uma obra de arte. Acontece quase sempre que o autor da mesma, fica como simples espectador do momento; sem saber algumas vezes, o que dizer ou explicar, até porque não tem graça nenhuma dar explicações. A emoção agora, é do outro, porque a do artista já passou.

Das poesias que venho registrando aqui, só uma até agora, é recente, porque nas outras, eu já fui!!...

A propósito... já enviei para alguém, um poema totalmente impróprio e constrangedor: era uma pessoa amiga e eu estava apenas testando as ferramentas do Orkut. Só percebí a besteira, vários dias depois e tarde demais...rsrs, Não percebí antes, porque aquele poema, através dos anos, ficou sendo para mim, um texto comum.

Enfim, reviver o passado, só para distrair um pouco, brincar um pouco, corrigir alguns erros, rir do momento que passou e até de mim mesma (o que já é muita coisa), porque ninguem é de ferro...

FUI!!...

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Em busca do meu Tempo...

Hoje a tarde, estava eu terminando de pintar um quadro,
atendendo a uma ânsia interior de ocupar a mente,
que insistia em divagar pra lugar nenhum.
De repente, parei nesse tempo e só então percebí que chovia.
Daí...

Tantas coisas quiz fazer
e nunca fiz
e as coisas que eu quiz ser
e nunca fui?
Também coisas desejei,
não consegui...
.............................
Olhando do meu terraço
eu vejo a chuva cair
vejo os pingos ritmados
acompanhando a música
que só agora, passei a ouvir.
Simples, tudo muito simples
mas, longe de ser banal.
Oh, meu Deus!
como é possível
nunca ter visto, afinal
algo tão lindo e singelo ?
............................
Mas... agora já sei porque
Eu estava divagando
dentro do meu castelo...

domingo, 30 de maio de 2010

Colesterol e abacate

Gosto muito de assistir ao programa do Doctor OZ; ele orienta sobre problemas de saúde, higiene, alimentação etc e receita medidas simples e naturais para prevenir e curar doenças e outros problemas; ele diz que come abacate para regularizar o colesterol.
Acho que é por isso que o abacate desce "redondo" pela minha garganta; pra mim ele é o manjar do céu com leite condensado. Meu colesterol ruim, ultimamente, sempre tá acima da média e eu não gosto de tomar remédio.

"Ora, direis": o que tem este assunto a ver com arte, meu Deus ?
Tem sim. Afinal, saber viver é uma arte ... rsrs

Viva o abacate!

P.S. Ele recomenda tambem azeite de oliva.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Não tenho renda pra imposto ! !

Terça-feira ultima, depois de caminhadas à Casa Lotérica, Banco do Brasil e lan house tentando pagar a primeira parcelo do imposto de renda e sabendo de antemão, que teria de "puxar" nova Darf pela internet, nada consegui; até que o contador decidiu me ajudar. Procurando saber por que estava inadimplente, eis o problema: as informações que me foram dadas em valores ou calculos dos meus rendimentos não batiam com as informações enviadas à Receita federal: isto aconteceu na minha declaração de 2008. Foi por isso que a restituição dos valores retidos na fonte não me foi efetuada e por isso também a inadimplência. Em 2009 não fizeram os descontos na folha de pagamento e aí, tenho que pagar sem direito à restituição.

Acontece que hoje em dia não se fala mais em erro humano: tudo é "falha do sistema". Ninguem paga o prejuiso da gente e nesse caso sobra para o aposentado; essa não foi a primeira vez que isto aconteceu comigo e fui informada de que é um erro frequente também com outros aposentados.

È isso aí: salário defazado que já não dá para a sobrevivência e ter que pagar imposto ao Govêrno.

domingo, 23 de maio de 2010

Por que eu caí nessa?

Ontem, somente ontem,(20 de maio) tomei conhecimento de que estou com problemas na minha declaração do imposto de renda: estou inadimplente, na Receita Federal desde 2008, sem saber por que, na iminência de cair na malha fina.

Há 4 ou 5 anos, vinha recebendo restituição, de tal modo que estava despreocupada, uma vez que o meu salário de aposentada está defazado há muito tempo; dizendo melhor, há 8 anos aproximadamente, recebo o mesmo valor.
Por descuido do contador também somente ontem eu soube que a primeira parcela a pagar venceu dia 30 de abril! E agora?

Um funcionário da S. de Administração, deu-me alguns esclarecimentos, dentro das possibilidades da sua função; mas indicou-me outros caminhos para obter mais informações. Resta-me agora a expectativa de chegar a segunda-feira, para aplacar a minha ansiedade de saber porque eu caí nessa, e que providências devo tomar.

"Oh, my God"!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Dia do Artista Plástico

A criatividade é uma das formas de distinguirmos o ser humano dos outros animais.
Não fosse a criatividade o mundo seria um caos. O homem das cavernas, expressava nas pedras a sua visão do mundo contando experiências e partes da sua história, sem ter antes nenhuma instrução de como fazer os seus desenhos e as suas pinturas. Tinha noção da importância dos traços e das cores para expressar experiências e emoções: êle já nasceu com o dom da criatividade.

O dia do artista plástico é tão pouco lembrado, que só hoje, dia l7 de maio, um reporter falou: - hoje é dia do artista plástico - mas, em todas as fontes que consultei, 8 de maio é considerado o seu dia .

"O artista Plástico é antes de tudo, uma pessoa sensível. Uma pessoa que usa o desenho a pintura ou a escultura para expressar seu deslumbramento diante do mundo. Como uma criança, enxerga ou assimila o cotidiano de uma forma diferente"...
E mais adiante: ..."com sua arte, não permite que a luta diária da vida, seque em seus olhos a constante surpresa perante a emoção das grandes e pequenas coisas, contidas no universo"... (Centro Juvenil das Artes Plásticas do Paraná)
Bonito, né?

Já aconteceu de me inspirar no feio e tentar transformá-lo numa coisa bonita. Foi o caso da minha primeira individual, que teve como tema a antiga Vila Brejal; moradias muito precárias em terreno alagado com barracos afundando na lama, feitos de táboa, papelão, plástico, lataria etc, tudo aos pedaços. Não é que deu certo! Conseguí a transformação. A exposição ficou bonita pra caramba!

Não é só o deslumbramento que impulsiona o artista a se exprimir: ele tem necessidade de expressar suas experiências de vida boas e ruins que muitas vezes estão "camuflados" nos traços agressivos e nas cores sem brilho, caóticas e até no material que utiliza. Concluindo: o artista plástico expressa também seus sofrimentos e decepções com os acontecimentos da vida; caso contrário só produziria vasos com flores, cópias da natureza ou simplesmente reprodução de fotografias.

Até breve !

Dia do Artista Plástico


Desenho realizada no PAINT

Iduarth

Dia do Artista Plástico



Desenho de Izabel Cristina
realizado no PAINT

domingo, 25 de abril de 2010

Por enquanto...

É... não consegui ainda a foto da Frida, então
vou de Michael Jackson, desafiando a lei da gravidade, afinal também sou sua fã.

sábado, 27 de março de 2010

Organizada ? ? ! !

Devido à mania de guardar coisas, guardar tudo mesmo, tenho muita dificuldade para me organizar.
Outro dia fui a um médico para fazer acupuntura (causa: dor nas articulações) e ele perguntou se eu era organizada. Respondí apenas que tinha uma espécie de livro caixa onde anoto todas os gastos, mês após mês, data após data, pra não me perder nos números. Isso não me adianta muita coisa, é só um pequeno detalhe, que não explica nada do que sou em termos de organização.
Para surpreza minha, o médico anotou um "sim" na minha "ficha" médica!
Não dei muitas explicações, mas fiz uma promessa a mim mesma de transformar esse "sim" numa realidade.
Tudo o que cai nas minhas mãos, todo objeto quebrado, amassado, bonito, feio, grande, pequeno; ou papel, (já cortei assinaturas de revistas e jornal), peça de carro, eletro-doméstico, tudo... é uma obra de arte em potencial, ou seja, aquela que um dia ainda vou fazer:uma peça artesanal, um quadro, uma escultura, ou um possível complemento dos mesmos. Pior do que isso (de quardar o que já tenho), é quando alguma pessoa amiga e bem intencionada, me oferece, por exemplo, um vaso nada legal ou um móvel de antigamente que não está lá essas coisas... aí já viu, fico na hora!
Devido ao volume de coisas, fica difícil encontrar sem demora alguma coisa que procuro.
Desfazer-me de um quadro ou escultura, por um motivo qualquer, nem se fala, é um sofrer!
Fico constrangida de dizer tudo o que guardo, porque neste aspécto estou me sentindo só na multidão. Embora saiba que existem outras pessoas assim, ninguem fala muita coisa sobre o assunto.
Por isso e por outros motivos, não vai ser fácil transformar aquele "Sim" da minha ficha médica, numa verdade como eu queria e ainda quero que seja.
Estou ficando indignada comigo! Talvez isto seja um bom sinal.
...................................................................

Tive uma idéia!
Estou pensando formar o grupo "Sucateiros Anônimos", pra ver se a gente se livra desse problema. O lema vai ser: "Somente por hoje não vou guardar p. nenhuma".

TCHAUUUUU!

quarta-feira, 17 de março de 2010

A Liberdade do Artista

Sem título - Acrílica s/tela iduarth A LIBERDADE DO ARTISTA

O compromisso do artista com a sua criatividade é o que há de mais importante para sua realização. Entretanto nem sempre isso acontece.
Sendo mais comum do que se imagina, êle se sente de repente, comprometido com o querer, o olhar e o dizer dos outros.
Se êle sobrevive economicamente do que produz, a situação se complica ainda mais; pois não resiste à solicitação, por exemplo, de pintar um abstrato que combine com o sofá de uma sala; pintar quadros com paisagens da terra, para vender aos turistas, comprometer-se com o tema programado para um determinado evento etc, etc.
Outro problema é a preocupação com a mídia. Todo o artista que participa de mostras e outros eventos, se expõe à críticas, isto é inevitável e êle precisa estar preparado para isso.
Se preocupar com o que vão pensar ou dizer, pode até conduzir à perda de sua identidade como artista, o que não é bom.
Claro que, ao se iniciar na aventura de produzir e expor seu trabalho, surgem as inseguranças e as dúvidas; mas com o tempo, êle pode se libertar de tudo isso.
Faz parte do aprendizado, inclusive, ter o seu proprio senso crítico, tudo dentro de um certo limite. Fácil? Nem um pouquinho! Porque as loucuras também fazem parte do processo!
Da minha parte, quanto mais me desligo do meu senso crítico, (acho que é aquela de deixar o inconciente fluir) mais gosto do que faço na tela. É chato pra caramba pintar o óbvio!... e veja, que ainda não me libertei completamente, ou seja, vez em quando eu também pinto o óbvio. rsrsr... mas, em arte a ousadia e criatividade são muito importantes.
Voltando ao assunto lá do início, quero esclarecer que não se trata de uma atitude preconceituosa ou elitista, pois em todos os estilos há trabalhos bonitos, emocionantes e de boa qualidade técnica; mas, ao se entregar aos modismos ou à tentação comercial, deixando a sua identidade artística em segundo plano, o artista corre o risco de prostituir o seu próprio talento e não se sentir bem com o seu trabalho.

IreneDuarte

quinta-feira, 11 de março de 2010

Desenho no Paint



Este desenho eu o criei no PAINT.
Êle foi o início de mais uma experiência e novas descobertas em traços e utilização de cores;
Gosto dele

"PAPOULAS"
.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Informando sobre o novo blog: /iduart-tudoverde.blogspot.com/ assunto primeiro: CARNAVAL!



Estamos no período mais descontraído e musical do ano; colorido, alegre e cheio de novidades. É impossível a gente não se ligar nêle como um acontecimento muito
especial: podemos sair um pouco da rotina e esquecer por alguns
instantes os problemas da vida; é uma ilusão, mas... vale! Fiz alguns registros no
novo blog, OK?
http://iduart-tudoverde.blogspot.com/

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Estou pensando em criar um novo Blog
Os assuntos estão dando trombadas
na minha cabeça!
Vamos separar as coisas!